Pintassilgo

 

O pintassilgo diz:
- nada me consola,
eu não sou feliz
nesta gaiola.

Do céu azul e da amplidão
eu sinto muitas saudades.
Não quero esta solidão
cada minuto e segundo.

Crianças, quebrem as grades
de todas as gaiolas do mundo. 


Autor: Sidónio Muralha (1920-1982)
Editado por: nicoladavid

Comments