"Soneto"

Um de meus bisavós foi mercador,
Outro foi de alfaiate oficial,
Outro tendeiro foi sem cabedal

E outro, que juiz foi, foi lavrador.

 

O meu paterno avô foi professor

De latim, que ensinou ou bem ou mal;
E o materno viveu no seu casal

De que inda agora eu mesmo sou senhor.

 

Meu pai médico foi, e homem de bem,
Minha mãe «dom» teria, porque enfim
Muitas menos do, que ela agora o têm.

 

Abade eu fui; e se saber de mim
Alguma coisa mais quiser alguém,
Saiba que versos faço e faço assim.

 

 

Autor: Paulino António Cabral  (1719-1789)
Editado por: nicoladavid

 

Não esqueça ligar o som.

Comments