Cabra-Cega


À volta de incerto fogo 
Brincaram as minhas mãos. 
... E foi a vida o seu jogo! 

Julguei possuir estrelas 
Só por vê-las. 
Ai! Como estrelas andaram 
Misteriosas e distantes 
As almas que me encantaram 
Por instantes! 

Em ritmo discreto, brando, 
Fui brincando, fui brincando 
Com o amor, com a vaidade... 

— E a que sentimentos vãos 
Fiquei devendo talvez 
A minha felicidade! 

Autor: Pedro Homem de Melo (1904-1984) in Segredo
Editado por: nicoladavid


Comments