"Vencido está de amor"


Vencido está de amor

O mais que pode ser

Sujeita a vos servir e

Oferecendo tudo

 

Contente deste bem,

Outra vez renovar

A causa que me guia

Ou hora em que se viu

 

Mil vezes desejando

Com essa pretensão

Tão estranha, tão doce,

 
Voltando só por vós

Jurando não seguir

Sem ser no vosso amor
 
Meu pensamento
Vencida a vida,Instituída,
A vosso intento.
 
Louva o momento
Tão bem perdida;
A tal ferida,
Seu perdimento.

 

Está segura
Nesta empresa,
Honrosa e alta


Outra ventura,

Rara firmeza,

Achado em falta.

 

 

 

 

Autor: Luís de Camões

Editado. por: nicoladavid

Não esqueça ligar o som.
Comments