Num jardim adornado de verdura

 

Num jardim adornado de verdura,

a que esmaltam por cima várias flores,

entrou um dia a deusa dos amores,

com a deusa da caça e da espessura.

Diana tomou logo üa rosa pura,

Vénus um roxo lírio, dos milhores;

mas excediam muito às outras flores

as violas, na graça e fermosura.

Perguntam a Cupido, que ali estava,

qual daquelas três flores tomaria,

por mais suave, pura e mais fermosa?

Sorrindo se, o Minino lhe tornava:

todas fermosas são, mas eu queria

Viol’antes que lírio, nem que rosa.

Autor: Luis de Camões (1524-1580)

Editado por: nicoladavid

Comments