Em fermosa Leteia se confia

 

Em fermosa Leteia se confia,

por onde vaïdade tanta alcança,

que, tornada em soberba a confiança,

com os deuses celestes competia.

 

Porque não fosse avante esta ousadia

(que nascem muitos erros da tardança),

em efeito puseram a vingança,

que tamanha doudice merecia.

 

Mas Oleno, perdido por Leteia,

não lhe sofrendo Amor que suportasse

castigo duro tanta fermosura,

 

quis padecer em si a pena alheia;

mas, porque a morte Amor não apartasse,

ambos tornados são em pedra dura.

 

Autor: Luis Vaz de Camões (1524-1580)

Editado por: nicoladavid

Comments