Não Combati: Ninguém Mo Mereceu


“Não combati: ninguém mo mereceu.

A natureza e depois a arte, amei.

As mãos à chama que me a vida deu

Aqueci. Ela cessa. Cessarei”

Autor: Fernando Pessoa (1888-1935)
Editado por: nicoladavid



Comments