"Senhor de corpo delgado"

Senhor do corpo delgado,
Em fone pont' eu fui nado!
Que nunca perdi cuidado
Nem afã, des que vos vi.
Em forte pont' eu fui nado,
Senhor, por vós e por mi!

 

Comeste afã tão longado

Em forte pont' eu fui nado!
Que vos amo sem meu grado
E faço a vós pesar i.

Em fone pont' eu fui nado,
Senhor, por vós e por mil

 

Ai eu, cativ' e coitado!

Em fone pant' eu fui nado!
Que servi sempre endoãdo
Ond' eu bem nunca prendi.
Em fone pont' eu fui nado,
Senhor, por vós e por mi!


Autor: Pêro da Ponte (Séc. XIII)
Editado por: nicoladavid

Não esqueça ligar o som.
Comments