Cântico XV


Não queiras ser.

Não ambiciones.

Não marques limites ao eu caminho.

A Eternidade é muito longe.

E dentro dele tu te moves, eterno.

Sê o que vem e o que vau.

Sem forma.

Sem termo.

Como uma grande luz difusa.

Filha de nenhum sol.

 

Autora: Cecília Meireles (1901-1964)
Editado por: nicoladavid


Comments