"Cantiga"

Sem pena ou sem favor,
Nem per graça devinal,
Não pode bom servidor
Medrar neste Portugal.

 

Sem pena sabeis qual pena
Acerta pena da pata,

Que a vivos morte cata

E a mortos vida ordena.
Sem esta, ou sem favor,
Que queria Deus eternal,
Não pode bom servidor
Medrar neste Portugal.


Autor: Álvaro de Brito Pestana (1432-1500)
Editado por: nicoladavid
(Nota: Não existem dados concreto deste autor, sendo que algo existente é duvidoso)
Não esqueça ligar o som. 
Comments