"A pessoa fútil"

 

A pessoa fútil é aquela
que deixa seus olhos
seduzirem o coração.
Através deles, cega a alma,
a própria alma,
Na mais simples
e óbvia das contradições.

A pessoa fútil é aquela
que, agora cega pelos próprios olhos,
tateia em busca de algo firme
e, então, valoriza o que pode apalpar
e despreza o que não pode.

A pessoa fútil é aquela
que se encontra adornada,
linda por fora,
mas vazia por dentro.
Seus olhos não brilham
a tenra luz
dos simples de coração.

A pessoa fútil é aquela
que tem, agora,
um cabelinho na palma da mão.
Então pergunto: “Por curiosidade,
Não vai olhar não?”


Autor: José Ruy Pimentel de Castro
Editado por: nicoladavid

Comments