"A poesia não é um dialecto"


A poesia não é um dialecto
para bocas irreais.
Nem o suor concreto
das palavras banais.
É talvez o sussurro daquele insecto
de que ninguém sabe os sinais.
Silêncio insurrecto.

Autor: José Gomes Ferreira (1900-1985)
Editado por: nicoladavid


Comments