Gramática Rudimentar

 

Aquele Manuel do Rego
É rapaz de tanto tino
Que em lírio põe sempre y grego,
E em lyra põe i latino!
E como a gente diz ceia
Escreve sempre cear;
Assim como de passeia
Tira o verbo passear!
Nunca diz senão pior
Não só por ser mais bonito,
Mas porque achou num autor
Que deriva de sânscrito.
Escreve razão com s,
E escreve Brasil com z:
Assim ele nos quisesse
Dizer a razão porquê!
Também como diz - eu soube
Julga que eu pude é correcto:
Temo que a morte nos roube
Rapazinho tão discreto!
É um gramático o Rego!
É um purista o finório...
Se Camões falava grego,
E o Vieira latinório! 

Autor: João de Deus (1830-1896)
Editado por: nicoladavid

Comments