"Pois partis e me leixais"

Pois partis e me leixais
Tão triste, sem galardão,
Tornai-rne meu coração,
Senhora, que me levais.

 

Coração que foste meu,

Se fôsseis meu algum dia,
Nunca mais vos tornaria

A quem tal pesar vos deu.
Mas pois vós vos contentais
D'haver mal por galardão,
Matem-vos meu coração,
Pois vós mesmo vos matais.


Autor: João Afonso de Aveiro
Editado por: nicoladavid

 

Não esqueça ligar o som.
 
Comments