Canto Nocturno Do Viandante

 

Tu que és do Céu,
e todo o sofrimento e dor acalmas,
que ao duplamente infeliz
duplamente consolas,
— Ah, estou cansado de tanta agitação!
de que servem a dor e o prazer?
Doce paz,
vem, oh vem para o meu peito!


Autor: J. Wolfgang von Goethe (1749-1832)
Editado por: nicoladavid

Comments