"Caos"

Há um momento na vida
de terror definitivo,
de fracasso tremendo,
de sangrar a ferida.
Nada rende,
não há remendo,
nem consolo,
nem saída;
luta perdida.
A lágrima não significa,
o amor cruza os braços,
a saudade diz que vai,
e fica.

 

 

Autor: Ivone Boechat
Editado por: nicoladavid

Não esqueça ligar o som.
 
 
Comments