Eu vou morrer antes de você

 

Eu vou morrer antes de você, escondido 
nas entranhas e 
tirou sua mão de ferro, que abriu 
a ferida larga mortal.

Antes de eu morrer, eo meu espírito, 
tenaz em seus esforços para 
sentar-se às portas da morte, 
você chama de espera.

Dentro de dias horas, com os dias 
os anos voam, 
e chamar depois que a porta ... 
Quem faz a chamada?

Então a sua culpa, que os teus despojos 
, a terra guardará, 
por lavagem nas ondas da morte 
e em outro Jordan.

Lá, onde o sopro da vida 
vai morrer tremendo, 
como a onda que a praia é 
silenciosa prestes a expirar.

Onde o túmulo é fechado 
abre uma eternidade, 
tudo o que temos ambos em silêncio 
enquanto falamos.


Autor: Gustavo Adolfo Bécquer (1836-1870)
Editado por: nicoladavid

Comments