"Folgo bem pois que conheço"

 

 

Folgo bem pois que conheço
que folgais de dar paixão
a mim que não vos mereço
por quantos males padeço
dardes-m'este galardão.

 


Que sempre viva penado
co'este conhecimento
fica-me contentameto
em saber que tal tormento
me dais sem ser eu culpado.
Porque só o que eu padeço
é tanto que com rezão
me deveis e vos mereço
dardes a meu bem começo
e fim a tanta paixão. 

 

 

 

Autor: Garcia de Resende
Editado por: nicoladavid

Não esqueça ligar o som.
Comments