"Vão seguindo seus estremos"

Vão seguindo seus estremos

Meus males cada vez mais,

E vejo que vos lembrais

Cada vez de mim menos.

 

Se o fazeis com rezão,

Não m'ouçais nunca desculpa,
E se vos não tenho culpa,
Doia-vos minha paixão.

Não queirais que siga estremos,
Que mostrem que me matais;
Que com a vida que me dais
Não no posso fazer menos.


Autor: Francisco Lopes
Editado por: nicoladavid

Não esqueça ligar o som.
 
Comments