"Um ano… depois"


Noites e dias de um ano que por nós passaram,

desde o primeiro dia em que eu te vi,

em cada um desses momentos eu não esqueci,

a primeira noite em que meus olhos te olharam.

 

Os teus dizeres que meus ouvidos escutaram,

os beijos com que minha alma rejuvenesci,

os versos que dos teus sentires, em mim escondi,

as tuas mãos, que nas minhas mãos se tornaram.

 

A tua forma de vida que me ofereceste,

o dom de assim saberes amar e compreender

aquilo que ninguém soube e tu soubeste.

 

Um ano de vida que nunca irei esquecer,

como o melhor de todos, ainda que um só reste,

ainda que mil anos tenha para viver.

 

 

Autor: Eduardo Mesquita
Editado por: nicoladavid

 

Comments