Buscas Molduras

 

Buscas molduras   perdes os retratos
Juntas retratos 
 faltam-te molduras
Mais foscos que os fantasmas dos retratos
são os olhos vazados das molduras
e mesmo assim persegues em retratos
a cegueira implacável das molduras.
Se teus actos retractas os retratos
servirão a teus actos de molduras
Nem basta que retrates nos retratos
o que pensaste ser 
 Vê que molduras
de repente emolduram os retratos 
de quem virás a ser já sem molduras
A menos que espezinhes os retratos
Ou que a cinza reduzas as molduras

Autor: David Mourão Ferreira (1927-1996)
Editado por: nicoladavid

Comments