Sozinho com todo mundo

a carne cobre os ossos
e colocam uma mente
lá e
às vezes uma alma,
e o intervalo de mulheres
vasos contra as paredes
e os homens bebem demais
muito
e ninguém encontra o
um
mas mantenha
procurando
rastejando para dentro e para fora
das camas.
carne capas
o osso e o
carne pesquisas
para mais de
carne.

Não há nenhuma chance
em tudo:
estamos todos presos
por um singular
destino.

Ninguém nunca encontra
o.

a cidade despeja preenchimento
preencher os ferros-velhos
os hospícios preencher
o preenchimento de hospitais
encher os cemitérios

nada mais
preenche.

Autor: Charles Bukowski (1920-1944)
Editado por: nicoladavid


Comments