Já morreu

Sempre quis transar com
henry miller, ela disse,
mas quando cheguei lá
era tarde demais.
Diabos, eu disse, vocês
sempre chegam tarde demais, garotas.
Hoje já me masturbei
Duas vezes.
Não era esse o problema dele,
ela disse. a propósito
como você consegue bater
tantas?
é o espaço, eu digo,
todo o espaço entre
os poemas e os contos, é
intolerável.
Você deveria esperar, ela disse,
Você é impaciente.
O que você pensa de Céline?
perguntei.
Queria transar com ele também.

Já morreu, eu disse.
Já morreu, ela disse.
Importa-se de ouvir uma
musiquinha? perguntei.
Pode ser legal, ela disse.
Dei-lhe sibes.
Era tudo que me restava
naquela noite.


Autor: Charles Bukowski (1920-1944)
Editado por: nicoladavid



Comments