Homem ao Sol

ela lê para mim a New Yorker
que eu não compro, e nem sei
como veio parar aqui, mas
é algo sobre a Mafia
um dos cabeças da Mafia
que comeu muitas e teve facilmente
muitas boas mulheres acariciando
suas bolas, e ficou gordo de tanto sugar bons
cigarros e jovens peitos e ele
teve um destes ataques cardíacos – e assim
um dia estavam o dirigindo
em seu grande carro pela pista
e ele não se sentiu bem
e pediu para o garoto encostar e deixá-lo
sair e o garoto o deita
na estrada sob a boa luz do dia
e antes de morrer ele diz:
quão bonita a vida pode ser, e
então ele se vai.

as vezes você tem que matar 4 ou 5
mil homem antes de, de alguma forma
começar a acreditar que o pardal
é imortal, o dinheiro é como mijo
e que você esteve perdendo
seu tempo.

Autor: Charles Bukowski (1920-1944)
Editado por: nicoladavid


Comments