O Meu Coração Posto a Nú

 

VII

Meu coração posto a nu

Sentimento de solidão, desde a minha infância. Apesar da família — e, sobretudo, no meio dos camaradas — sentimento de destino eternamente solitário.

No entanto, um gosto muito intenso da vida e do prazer.


XXIV

Meu coração posto a nu Política

Em suma, perante a História e perante o povo francês, a grande glória de Napoleão III terá sido a de provar que um indivíduo qualquer, caso se apodere do telégrafo e da Imprensa nacional, pode governar uma grande nação. Imbecil é quem acredite que tais coisas podem efectivar-se sem a permissão do povo — e quem acredite que só na virtude pode a glória apoiar-se. Os ditadores são os criados do povo — nada mais — um raio de um cargo, aliás! — E a gló­ria é a resultante da adaptação de um espírito à estupidez nacional.

Meu coração posto a nu

Grande entre os homens, só o poeta, o padre e o soldado, o homem que canta, o homem que abençoa, o homem que sacrifica e se sacrifica. O resto é feito para o chicote. Desconfiemos do povo, do bom senso, do cora­ção, da inspiração e da evidência.

Autor: Charles Baudelaire (1821-1867)
Editado por: nicoladavid

Comments