Epígrafe Para Um Livro Condenado



Leitor plácido e bucólico,
Sóbrio, inocente homem de bem,
Roja este livro saturnal,
Tão orgíaco e melancólico.

Se não estudaste com Satã,
Que é dos mestres o mais astuto,
Roja! Nada compreenderias Ou histérico me julgarias.

Se, porém, sem te aliciares,
Sabes ver fundo nos abismos,
Lê-me, para aprender's a amar-me;

Alma dorida e curiosa
Em busca do teu paraíso,
Lamenta-me!... Ou te maldigo!

Autor: Charles Baudelaire (1821-1867)
Editado por: nicoladavid

Comments