"Antes Eu Fosse Gaivota"



Vapores, que ides sobre estas
Ondas de verdes enganos…
E de um, de dois, de três canos,
Lembrais pequenas florestas
Plantadas nos oceanos!

Da minha casa, que deita

Para o mar, eu sigo a rota:
De oiro o poente vos enfeita…
Partis… A água se ajeita…
Antes eu fosse gaivota!

 

Autor: João Cabral do Nascimento (1897-1978)
Editado por: nicoladavid



Comments