A Máscara Do Mal

 

Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa
Máscara de um demónio mau, coberta de esmalte dourado.
Compreensivo observo
As veias dilatadas da fronte, indicando
Como é cansativo ser mal.

Autor: Bertolt Brecht (1898-1956)
Editado por: nicoladavid

Comments