Oração

 

“Ó meu Deus, Trindade que adoro, ajudai-me a esquecer-me inteiramente de mim mesma para fixar-me em Vós, como se minha alma já estivesse na eternidade. Pacificai a minha alma, fazei dela o Vosso céu, Vossa morada preferida e o lugar de Vosso repouso. Que eu jamais Vos deixe só, mas que aí esteja toda inteira, totalmente desperta em minha fé, toda em adoração, entregue inteiramente à Vossa ação criadora.

Ó Cristo, meu amado, crucificado por amor; quisera ser uma esposa para Vosso Coração, quisera cobrir-Vos de glória, amar-Vos….até morrer de amor!

Ó meu Três, minha Beatitude, solidão infinita, imensidade onde me perco, entrego-me a Vós como uma presa. Sepultai-Vos em mim para que eu me sepulte em Vós, enquanto espero ir contemplar em Vossa luz o abismo de Vossas grandezas.” “Como se minha alma já estivesse na eternidade”.


Autora: Beata Elisabeth da Trindade (1880-1906)
Editado por: nicoladavid

Comments