"Ausência"



Ausência é viver a vida
Longe de nós ... É lembrar
Com a alma adormecida
Pra não sofrer, se acordar.

Ser amado e ser ausente
Pode lá ser?! Pois há quem
Sendo "amado e amando tente
A distância, ornar, o além?

É como andar degredado
Longe da própria ventura,
Ser ausente e ser amado ...

É tomar nas mãos a dor,
Transformá-la em formosura,
Tornar o Amor mais Amor...


Autor: Augusto Casimiro (1889-1967)
Editado por: nicoladavid





Comments