Um sonho de inverno

No inverno nós vamos em um pequeno carro rosa
Com almofadas azuis.
Nós ficaremos bem. Um ninho de beijos loucos espera
Em cada canto também.

Você vai fechar os olhos, para não ver, através do vidro,
Sombras da noite fazendo caretas,
Aqueles monstros espertos, uma multidão passando
De lobos e demónios pretos. 

Então você sentirá sua bochecha marcada completamente, duramente...
Um pequeno sibilo, como um espírito enlouquecido,
Vai correr sobre seu pescoço... 

E você vai dizer: "Trave!" curvando sua cabeça,
- E faremos o nosso tempo para encontrar essa criatura
- Quem viaja até agora...
 

Autor: Arthur Rimbaud (1854-1891)
Editado por: nicoladavid




Comments