Ó Camarada

 

Foram-se os filhos,
foi-se a mulher;
ó camarada,
quem mais me quer?...

E o camarada, sem responder,
afia a foice: oiço-a ranger.

Foi-se o meu génio,
voltou p’ra Deus;
versos, palavras,
quem sabe os meu
s?
(…)

 

Autor: António Patrício (1878-1930)

Editado por: nicoladavid

Comments