Alma em Flor

 

Que ânsia de amar! E tudo a amar me ensina;

A fecunda lição decoro atento.

Já com liames de fogo ao pensamento

Incoercível desejo ata e domina...

...E sorrindo-me, ardente e vaporosa,

Sinto-a vir ( vem em sonho ) une –me ao seio,

Junta o rosto ao meu rosto e diz – me :― Eu te amo!


Autor: António Mariano Alberto de Oliveira (1857 – 1937)
Editado por: nicoladavid

Comments