Quem, Do Natal


Quem esperamos? Quem, 
No silêncio, na sombra, no deserto? 
O Menino divino de Belém, 
Ou o rei Encoberto? 
Esperamos alguém: 
Qualquer que tenha o coração aberto. 

É demais esta ausência, este vazio! 
Quem adorar, servir, como Deus e senhor? 
- O que estender a ponte sobre o rio 
Da miséria e pavor! 
O que apascente e semeie em desafio! 
O que disser: - Eu sou! E for. 

Autor: António Manuel Couto Viana (1923-2010)
Editado por: nicoladavid


Comments