Natal Cada Vez Menos


Quando chega o Natal, 
Quem chega? Um ritual 
De tradições modestas: 
Publico uma poesia num jornal, 
Dou e recebo prendas, boas-festas. 

Em tudo isto há uma criança (a mais?) 
Que nasce em qualquer parte: 
Nas igrejas, bazares, decorações, postais, 
Com mil requintes de arte. 

Uma criança-Deus que veio a nós 
Para remir-nos, etc. e tal... 
Mas é preciso recordá-la, após 
O Natal? 

Autor: António Manuel Couto Viana (1923-2010)
Editado por: nicoladavid


Comments