Onde Moras? Onde Moras?

 

Onde moras? Onde moras?
Se adivinhasse onde moras 
Em frente da tua porta, 
Olhando a tua janela, 
Veria passar as horas,
As minhas últimas horas. 
Sem ti a vida que importa? 
A vida, nem penso nela... 
Veria passar as horas,
As minhas últimas horas, 
Em frente da tua porta, 
Olhando a tua janela...


Autor: António Feijó (1859-1917)
Editado por: nicoladavid

Comments