"Sem Ti"


Sem Ti é deserto meu caminho,
Jardim desprezado sem uma rosa,
Sem Ti noite triste silenciosa,
Doce Senhor Ser gentil e nobre.

A Tua presença se torna canção,
Dentro do meu ser, rir á gargalhada,
Como sol nascente na madrugada,
Repletas de amor meu pobre coração.

Preciso de ti estendo meus braços,
Na vida preenches todos meus passos,
Sol que branqueia roupa estendida.

Meus olhos desejam um dia te ver,
O alvo certo de todo o meu ser,
És Tu a razão de toda a minha vida.

Autor: António Jesus Batalha
Editado por: nicoladavid



Comments