"Grão de Areia"


Grão de areia que por Ti fui achado,
Em Tua presença graça achei,
Em casa habitável fui formado,
Lugar de morada do Senhor e Rei.

Lugar de serviço louvor e adoração,
Pela Tua mão cada dia moldado,
A Tua Palavra no meu coração,
Semente que nasce em campo lavrado.

Tua presença minha alma refresca,
Como brisa fresca em dia aquecido,
Rio corrente que alaga terra seca,
Um saudoso abraço de um bom amigo.

Faz de mim um servo submisso,
No meu ser com brasa marcado,
Prostrado me rendo ao teu serviço.

Criado e moldado pela mão potente,
Grão de areia do chão apanhado,
Vestindo a armadura reluzente.

Autor: António Jesus Batalha
Editado por: nicoladavid


Comments