"Amor"

 

Quão infinito é Jesus
O teu Divino Amor!
Dalém, ao nosso alcance.
Indestrutível seu valor,
Tudo por nós deixas-te,
Aqui vieste morrer,
Para levar-nos, remidos,
Contigo sempre viver.

Autor: António Jesus Batalha
Editado por: nicoladavid

Comments