"Enlevo"


Pelo sinal

De luz ideal

De que é formada

- Não será n´Ela

Que se revela

A madrugada ?

 

P´la mal segura

Madeixa escura

Que o vento leva

Não será n´Ela

Que se revela

A noite, a treva ?

 

Por toda a graça

Que a anima e enlaça,

Qual ramo de hera

- Não será n´Ela

que se revela

A Primavera ?

 

Pela saudade

Que sempre a invade

Quando a abandono

- Não será n´Ela

Que se revela

O triste Outono ?

 

Por toda a chama

Que se inflama

No seu falar

- Não será n´Ela

que se revela

A voz do mar ?

 

Por sua alma,

Ansiosa e calma,

Balada e grito

- Não será n´Ela

Que se revela

Todo o infinito ?

 

Autor: António Alves Martins (1897-1929)
Editado por: nicoladavid





Comments