"Idade"

É o tempo,
Que lhe corta os dias
O mesmo
Que me conta os casos,


Dos quandos,
Que eu não mais ouvia,
Aos comos
Sem porquês dos atos.


É dele
Meu desenho à pele,
O mapa pelo qual escapo
Da velha juventude eterna.


Ao tempo
Meu melhor bom dia.
Sem medo do que o sol me tira
Me farto do que a luz me soma.

 

Autor: Andrêa de Barros
Edditado por: nicoladavid

 

Comments