O Lago

 

Espelho cristalino
lânguido espraiar
suave exaltação de espuma
branda mão macio afago
sereno e tranquilo lago


ilha azul líquida festa
húmido lábio a refrescar
o verde fulvo da giesta
dolente corpo arredondado

Sereno e tranquilo lago


Autor: André Moa “José Guilherme Macedo Fernandes” (1939-2011)
Editado por: nicoladavid

Comments