Rosas Vermelhas


Por entre as minhas mãos perpassam rosas
Flores colhidas de insólito jardim
Ramos trazidas por outras carinhosas
De alguém, sei lá se mesmo para mim!

E recordo tantas rosas que já vi,
Tantas flores de caminhos que trilhei,
Frescos jardins que na vida percorri
Qual deles o mais belo que pisei!

Mas as rosas que vejo entre meus dedos,
Pétalas mil pejadas de segredos
Trocados nos jardins donde vieram,

São das flores mais lindas que encontrei,
Rosas vermelhas dum sonho que sonhei!
Deus abençoe as mãos que mas trouxeram.

Autor: Aníbal José de Matos
Editado por: nicoladavid

 

Comments