"Vale dos Haicais"


Correntes de chuva.
Resvalando rua abaixo
barcos de papel.

Cidade enfeitada.
Poças de água na calçada.
E o luar passeando...

Entrando apressados
pelas frestas da janela
raios de luar.

Barracão sem luz.
E uma réstia de luar
ladrilhando o chão

Imenso jardim,
e sobre flores diversas
enxame de abelhas...

A flor no cabelo,
a menina leva a cesta,
margaridas brancas.

“É inverno? Que importa
meu coração é verão.
Vem que eu fecho a porta”.

Crianças em festa.
Correntes águas de inverno.
Pássaro arrastado.

O inverno chegou.
Gélidos corpos na rua.
Um teto sem casa.

O outono chegou.
Pássaros estão em festa.
Quebra-se o estilingue.

Autora : Analice Feitoza de Lima
Editado por: nicoladavid



Comments