Literatura‎ > ‎Obras de Ana Saraiva‎ > ‎

"Surf..."



preparo-me para definir
e logo as excepções
me fazem cócegas
recomponho-me
pego nuns
caracteriza-se por!
e os risos dobram-me
implacáveis, tão jovens
vêm ainda no autocarro nº5
ao fim da tarde a propósito de nada
ríamos de não poder rir do absurdo tão nítido
regresso
proponho uma coça aos ismos
e tirarmos os sapatos
protestam que o chão está frio
e que não se pode perder tempo
alguém explica que o chão é agora areia branca
e logo alguém se espreguiça numa longa comparação
explicito
comendo as solas


Autora: Ana Saraiva
Editado por: nicoladavid


Comments