Literatura‎ > ‎Obras de Ana Saraiva‎ > ‎

"Copas de vento..."


um dia, espreitámos os dois por uma fechadura
lembro-me que estava do lado de fora
e não havia ninguém no quarto
sim, havia fantasmas
mas deixei de os contar
lembro-me que estavas do lado de fora
e encontraste-me lá dentro
a seguir com as olhos
as correntes de ar
ainda se fossem portas ou janelas
a abrir e a fechar
mas não
houve apenas um copo de água
que estremeceu de cheio
dentro

Autora: Ana Saraiva
Editado por: nicoladavid



Comments