Beleza e Bondade


(De Safo)



 

Quando ávida contemple a formosura,

Tão breve é meu prazer que foge co ela:

Mas bondade e lisura,

Mas a inocência, oh! essa é sempre bela.

Autor: Almeida Garrett (1799-1854)
Editado por: nicoladavid



Comments